Foto Pixabay / Ilustração

O homem que matou um cachorro degolado no último final de semana, já é reincidente. Em 2018 ele já havia matado outro cachorro, da mesma mulher.

Segundo informações, o caso anterior aconteceu na mesma casa, em 2018, onde o casal ainda vivia junto. O homem teria se incomodado porque o cachorro avançou contra ele, então o matou a marretadas. Ele pegou 3 meses em regime aberto e pagou multa de 3 mil reais. Ele também estava cumprindo pena no regime aberto por dirigir alcoolizado.

Desta vez, ele matou outro cachorro, degolado. Ele foi preso em flagrante e a prisão foi convertida em preventiva.

Homem é preso por degolar cachorro da ex e ameaçar colocar fogo em casa

Após ser preso, o homem ameaçou a ex-mulher e relatou que quando sair da cadeia, vai “fazer o que não conseguiu fazer” , a ameaçando de morte. “Eu vou pro presídio, ficar um dois anos, e quando sair eu vou cumprir o que não consegui fazer hoje”, disse.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui