Reprodução/redes sociais

Na noite de quarta-feira (01) uma mulher foi presa em flagrante após negociar programas sexuais por meio de rifas.

Segundo informações da Polícia Civil, foi desmontada uma casa de prostituição no local, que é considerado ponto nobre de Salvador. A mulher presa negociava as vítimas de exploração sexual através de rifas virtuais.

As sorteadas eram obrigadas a realizar o programa. A rifa era divulgada em um perfil na rede social da casa de prostituição. Seis garotas de programa foram encontradas no local, além de 32 mil reais, 100 euros e 277 dólares, máquinas de cartão de crédito, cadernos com anotações e documentos das mulheres, configurando a prática de exploração sexual.

A casa de prostituição ainda será investigada para saber se havia exploração infanto-juvenil no local.

O caso foi registrado em Salvador, na Bahia.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui