Policiais militares da Companhia de ROCAM, deslocavam na noite desta quarta-feira (7), de retorno a base, quando quase foram atingidas por um veículo Golf seguido por um veículo Peugeot 408.

Os policiais foram no encalço do Peugeot e conseguiram realizar a abordagem na BR-277 no bairro Mossunguê em Curitiba.

No carro, estava três mulheres, uma delas dirigindo o carro com duas crianças pequenas. Os policiais questionaram a imprudência ao volante e a mulher relatou não ter visto os policiais.

Ao consultar a documentação da abordada, os policiais conseguiram constatar que a mesma possui um inquérito pelo Ministério Público por lavagem de dinheiro.

A equipe então decidiu realizar uma consulta mais apurada e questionaram onde a mulher estava indo e qual seria o seu destino e ela não soube informar. Os policiais perceberam que o celular da mulher não parava de tocar.

Os policiais realizaram consulta aos dados da outra mulher e notaram que ela já tem passagem por tráfico de drogas.

A equipe de ROCAM notou também que o carro estava com indícios de ter sido desmontado. Os policiais pediram apoio a equipe K9 do BOPE. O cão farejador Draco rapidamente indicou que havia drogas no carro.

Os policiais então questionaram a condutora o que ela trazia no veículo e a mesma relatou que não sabia informar. A equipe decidiu então fazer abertura na lataria do veículo onde foram encontrados vários pacotes de crack.

A motorista então decidiu confessar que receberia cerca de R$ 3.000,00 para realizar a entrega do carro em Curitiba onde pegaria o veículo amanhã novamente para poder passear na praia.

Ao questionar as outras duas mulheres se elas tinham conhecimento da situação, elas relataram que sabiam do carregamento de crack. A droga havia sido carregada em Maringá.

Ao todo foram apreendidos quase 50 quilos de crack que poderia render mais de R$ 1 milhão de reais.

As três mulheres foram presas e encaminhadas para a Central de Flagrantes. As duas crianças foram entregues ao Conselho Tutelar.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui