Policiais militares de RONE, prenderam na noite desta quinta-feira (14), mais um integrante de uma quadrilha que iria sequestrar um empresário e realizar um roubo em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba.

O indivíduo que estava com mandado de prisão em aberto, foi preso após alguns dias de monitoramento por parte dos policiais no Jardim Suzuki em São José dos Pinhais.

Com o indivíduo os policiais encontraram uma pistola 9mm, um bloqueador de sinal, um colete com placa balística, dois rádios comunicadores e documentos falsos.

Ele faria parte de um grupo em que cinco morreram em confronto com a RONE no último fim de semana. Entre os mortos estava Ozélio de Oliveira, um velho conhecido da polícia, com 108 anos de condenação de prisão por diversos crimes. Ozélio estava preso na Penitenciária Estadual de Piraquara, e em 2018 conseguiu fugir com outros 28 presos, quando criminosos explodiram o muro da penitenciária. Ele respondia por roubo, homicídio, sequestro e diversos outros crimes.

Em 1998, Ozélio participou do sequestro de Wellington Camargo, irmão de Zezé di Camargo e Luciano, em Goiânia. Os criminosos chegaram a cortar parte da orelha do refém e enviaram para a família junto com um bilhete.

A família pagou o resgate de R$ 300 mil reais e Wellington foi solto após após quase 4 meses mantido em cativeiro. Três dias após a soltura, policiais prenderam 7 dos 10 envolvidos no crime.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui