Foto: Pixabay

Uma semana após o início do inverno no hemisfério sul, o estado de Santa Catarina registrou as primeiras ocorrências de neve do ano na manhã desta segunda-feira (28). O fenômeno foi observado em Água Doce e Irani, na região Oeste, e em Urupema, Urubici, São Joaquim e Bom Jardim da Serra, cidades que ficam no Planalto Sul catarinense. As informações são do Ciram/Epagri, órgão que monitora o clima em Santa Catarina. 

Em São Domingos, Abelardo Luz e Lages, houve a ocorrência de chuva congelada. Os dois fenômenos, neve e chuva congelada, estão associados à combinação entre umidade, a presença de uma frente fria, e de frio, com o avanço de uma massa polar para o Sul do Brasil.

“No decorrer da manhã, já tivemos a ocorrência de neve nas áreas mais altas do Planalto Sul, e chuvas congeladas em algumas localidades do Meio-Oeste. E a tendência é que essa frente fria mantenha a nebulosidade e umidade sobre o estado e, com as temperaturas baixas, as condições para a neve ainda persistem”, afirmou a meteorologista Marilena Lima.

No início da tarde, foram registradas temperaturas inferiores a 5°C em grande parte do interior de Santa Catarina, informou o Ciram/Epagri. Ainda segundo o órgão, a partir de amanhã (29), o frio úmido, propício para a neve, dá lugar a um frio mais seco e a condição torna-se favorável para geada no estado.

Diferença

De acordo com meteorologistas, chuva congelada e neve são fenômenos diferentes. No caso da neve, trata-se de uma precipitação de cristais de gelo translúcidos e brancos, formados pelo congelamento do vapor d’água suspenso na atmosfera, em geral em formato hexagonal. Já a chuva congelada normalmente antecede a precipitação de neve e se assemelha a um granizo pequeno, que cai e salta, podendo fazer barulho.

Por Agencia Brasil

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui