As equipes de socorro do Corpo de Bombeiros e do Samu foram acionadas na manhã desta segunda-feira (13), após receberam a ligação de uma mulher desesperada, relatando que seu bebê estava engasgado com uma azeitona e sem respirar.

Enquanto o atendente foi orientando a mulher a como realizar as manobras para desobstrução das vias aéreas, as equipes de resgate do Siate e equipe médica do Samu deslocaram com prioridade máxima.

Durante o deslocamento das, a mulher no telefone estava desesperada relatando que não conseguia desobstruir as vias do bebê.

Na chegada da equipe na zona sul de Londrina, os socorristas encontraram um filhote de cachorro com as vias obstruídas e já alertaram para o cancelamento da equipe médica do Samu que se deslocava para a ocorrência.

Apesar de toda a agilidade das equipes de resgate, o animalzinho não resistiu. A dona do cãozinho passou mal após receber a notícia que ele não havia resistido.

O Corpo de Bombeiros orienta para que as pessoas em casos como esse procurem imediatamente uma clínica ou hospital veterinário mais próximo. O tempo que ela perdeu aguardando as equipes, e se tivesse buscado ajuda correta, talvez teria tido mais chances de salvar o animalzinho.

No dia 7 deste mês, os bombeiros conseguiram salvar a vida de um cãozinho na cidade de Cambé, vizinha a Londrina.

Na ocasião, o dono do filhote foi até o quartel com o cachorro preso ao cano. Ele relatou que tentou tirar o tubo da cabeça do cachorro mas não conseguiu.

Foram cerca de 10 minutos para retirar a cabeça do cachorro do cano. Na hora em que foi retirado ele estava em parada cardiorrespiratória. O bombeiro então fez respiração boca-a-boca no cachorro e manobras de reanimação.

Em seguida o cachorro voltou a respirar normalmente. Ele foi encaminhado para uma clínica veterinária e já recebeu alta. O filhote passa bem, veja o vídeo:

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui