Foto: Levy Ferreira/SMCS

A Agência Curitiba de Desenvolvimento e Inovação está com inscrições abertas para as aulas presenciais do Bom Negócio – Vale do Pinhão 2020. Os empreendedores poderão se inscrever para as 200 vagas do curso gratuito até o próximo dia 18 de março.

Um seminário de abertura do Bom Negócio – Vale do Pinhão ocorrerá no Memorial de Curitiba, no dia 19 de março, e as turmas começam em sala de aula no dia 23. O curso é promovido pela Prefeitura e pelo ecossistema de inovação da cidade.

Os encontros em sala de aula ocorrerão, neste primeiro semestre, em espaços das instituições parceiras Unibrasil, Uninter e Universidade Positivo.

O Bom Negócio – Vale do Pinhão foi desenvolvido, em parceria com instituições de ensino da capital, para capacitar tanto quem quer tirar uma ideia do papel e começar um negócio quanto o empreendedor que já tem alguns anos de estrada e está em um momento de mudança.

Relançado em 2018 pela Prefeitura, o Bom Negócio já capacitou 2.700 empreendedores, que nos últimos dois anos participaram de aulas à distância (EAD) e presenciais. No total, são 90 horas de capacitação sobre empreendedorismo de impacto.

Daniela Vitório Del Puente, coordenadora do Bom Negócio, alerta que, para participar das aulas presenciais (Rota 3), é preciso obrigatoriamente fazer as Rotas 1 e 2, à distância. Enquanto as aulas à distância (Rotas 1 e 2) são continuadas, ou seja, podem ser feitas a qualquer momento no site do Bom Negócio, as turmas presenciais (Rota 3) ocorrem a cada semestre.

Rotas

Na Rota 1 (16 horas), são abordados temas como comportamento do empreendedor, planejamento, mercado e finanças. A Rota 2 é composta por EAD (14 horas) e workshops, que ocorrem no Engenho da Inovação, sede da Agência Curitiba, no Rebouças. As aulas temáticas das rotas são em vídeo e, ao fim de cada etapa, o aluno precisa fazer um teste.

A Rota 3, de 60 horas, é presencial e compreende sete encontros temáticos (gestão inovadora; finanças e sustentabilidade; marketing, tecnologia e novos negócios; gestão de pessoas; mercado, produto, vendas e novo cliente; criatividade e inovação; e Startups: nenhum modelo de negócio).

Emprego do futuro

Emprego do Futuro é uma das principais agendas da gestão do prefeito Rafael Greca, assim como mobilidade urbana, sustentabilidade e cultura da inovação. A conexão de Curitiba e dos curitibanos com os desafios para a conquista dos Empregos do Futuro motivou um conjunto de ações desenvolvidas pelo Vale do Pinhão, o movimento da Prefeitura e do ecossistema de inovação da cidade para garantir o crescimento sustentável de Curitiba.

Desenvolvidas pela Agência Curitiba/Vale do Pinhão e Fundação de Ação Social (FAS), as iniciativas englobam desde ações focadas no setor de tecnologia e inovação até as de capacitação de habilidades técnicas e humanas. O princípio é simples: muitas profissões “tradicionais” vão mudar e muitas novas vão surgir. O objetivo é capacitar, apoiar e incentivar jovens e adultos, de forma que estejam mais bem preparados para as demandas do mercado de trabalho atual e futuro. As iniciativas incluem: Worktibas, 1ºEmpregotech, Primeiro Emprego, Tecnoparque, Liceus de Ofícios e Inovação, Bom Negócio, Mobiliza, Espaços Empreendedor, Empreendedora Curitibana, Fab Lab e Paiol Digital.

As inscrições para as aulas presenciais do Bom Negócio podem ser feitas no site do programa.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui