Policiais militares de RONE, durante operação no litoral do Paraná, receberam informações na madrugada desta quinta-feira (9), que Cristiano Ferreira de Alcantra, conhecido pelo apelido de Tiano, estaria escondido em um hotel na cidade de Matinhos.

Cristiano era procurado pela polícia, inclusive era para estar utilizando tornozeleira eletrônica que foi rompida, embalada em papel alumínio e colocada em uma sacola onde ele estava.

Os policiais de RONE foram até o hotel indicado, e ao chegar no local, foram até o quarto onde ele estaria. Ao baterem na porta, uma mulher abriu e ao ver que era a polícia, correu. Cristiano pegou uma arma e atirou em direção aos policiais que precisaram se abrigar para não serem atingidos pelos disparos. Houve o confronto e ele foi baleado.

O Siate chegou a ser acionado, mas ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local. Os policiais não ficaram feridos na ação.

Cristiano seria o principal suspeito de ter assassinado Vera Lucia Ribeiro, em julho deste ano em Matinhos. A motivação do crime seria guerra de facções pelo tráfico de drogas. De acordo com informações repassadas pela polícia, ele seria responsável por vários outros assassinatos na região.

O corpo do criminoso foi encaminhado ao Instituto Médico Legal de Paranaguá.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui