(Foto: PCPR/Divulgação)

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) através da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) prendeu temporariamente, na última terça-feira (26), pai e filha, de 39 e 19 anos, suspeitos da morte de Jonathan Weslei da Siva Chaves Lamera, de 22 anos. O crime aconteceu no dia 30 de outubro de 2019, na invasão Chácara do Porco ou Reserva do Bugio, no bairro Tatuquara, em Curitiba. Mesmo local onde ocorreram as prisões.

A vítima, natural de Porto União/SC, vivia há três anos com a jovem suspeita de participar do crime. Ainda conforme as informações, os dois brigavam constantemente. Na data do crime, a vítima teria bebido e agredido a companheira. Diante da situação, o pai da jovem teria intervindo na briga.

Ele teria atirado na vítima e depois arrastado o corpo para um matagal próximo ao local. Segundo relatos de vizinhos, vários disparos foram ouvidos na noite do crime.

Na delegacia eles permaneceram em silêncio. Tanto o pai quanto a filha continuam presos e estão à disposição da Justiça.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui