Reprodução/SAMU

Na manhã desta quarta-feira (21) o atendimento rápido de socorristas do SAMU foi crucial para a sobrevivência de um bebê de seis meses, em Cascavel no Paraná.

A criança que já tem histórico de crises convulsivas apresentou um quadro gravíssimo, e graças a rapidez das motolâncias na cidade, as primeiras equipes chegaram em minutos ao local e atenderam a criança.

Na sequência a ambulância com suporte médico chegou e o bebê foi intubado ainda na residência e encaminhado ao hospital em estado gravíssimo.

Motolâncias

As motolâncias foram aderidas na cidade para mais agilidade e eficiência no atendimento às urgências.

A rapidez no atendimento pode representar em muitos casos, a diferença entre salvar e perder uma vida ou minimizar e maximizar seqüelas.

O Serviço Móvel de Atendimento às Urgências e Emergências SAMU 192, desde dezembro de 2014, conta com mais um veículo na frota de intervenção em casos de urgências. A moto a serviço do SAMU 192 é pilotada por um técnico de enfermagem e tem a possibilidade de chegar mais rápido aos atendimentos de urgência em localidades onde o fluxo de trânsito é muito intenso ou em territórios de difícil acesso que as ambulâncias muitas vezes não conseguem passar com facilidade. Além disso, reforça a equipe de atendimento no local da ocorrência com mais um profissional treinado, materiais e equipamentos. A Motolância SAMU 192 antecede a chegada da ambulância de suporte avançado (USA – UTI Móvel) para adiantar o atendimento e estabilizar a vítima.

As Motolâncias SAMU 192 promovem o atendimento rápido e diminuição do tempo-resposta o que interfere muito na vida que está sendo socorrido, pois quando mais rápido chegar o socorro à vítima menor serão as possibilidades de óbitos e seqüelas mais agravantes. Os veículos de intervenção rápida (Motolância SAMU 192) são úteis principalmente nos casos de doenças cardiovasculares como: infartos, aginas, ataques cardíacos e derrames cerebrais, nestes casos quanto menor o tempo do socorro menor serão as seqüelas.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui