Foto: Polícia Civil

Na última quarta-feira (09) a Polícia Civil divulgou que o homem, de 41 anos, já preso por ter matado uma bebê de 1 ano e 8 meses, confessou que também matou a mãe dela, de 28 anos. A mulher está desaparecida desde janeiro de 2021 e seu corpo ainda não foi encontrado.

Segundo informações da polícia, o homem já está preso pela morte da filha da vítima, que tinha 1 ano e 8 meses. O corpo da criança foi encontrada no dia 25 de janeiro às margens da BR-040, com sinais de espancamento e hematomas no rosto.

O assassino mantinha um caso extraconjugal com a mulher, que acabou engravidando dele. O caso começou em novembro do ano passado. No dia do crime, ele marcou um encontro com a mulher, onde ela acabou levando a filha junto. Os dois brigaram dentro do carro.

Uma testemunha relatou que viu o homem agredindo a mulher. Ele teria colocado o corpo dela em um latão, jogou gasolina e tentou atear fogo sem sucesso. Ele teria ido para casa e levado a criança junto onde a mulher dele, que também está presa, fez a criança tomar remédios de uso controlado.

O homem depois comprou diesel, voltou ao local onde estava o corpo da mãe da criança e ateou fogo no corpo dela. Em seguida jogou os restos mortais dela no rio Maranhão. O caso foi registrado em Belo Horizonte.

Agora a polícia faz buscas para encontrar o corpo da mulher. Ela havia enviado mensagem para os irmãos avisando que estava sendo ameaçada. No dia 23 de janeiro, a avó da criança acionou a polícia relatando que a filha e a neta estavam sumidas.

 

Com informações do G1

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui