Foto: Polícia Civil

Um homem de 39 anos foi preso pela Polícia Civil após ser flagrado fazendo lives abusando da própria filha de seis anos.

Segundo informações, no dia 3 de janeiro, o homem fez uma live e comercializou imagens dos abusos que ele cometia com a filha. Enquanto ele transmitia as imagens ele solicitava que as pessoas que estavam assistindo enviassem criptomoedas, para posteriormente ele reverter em reais.

Uma usuária do app FaceCast ao ver a cena imediatamente denunciou o homem em uma delegacia.

A Polícia Civil fez uma investigação e o homem foi identificado e localizado. Foi apurado ainda que no Whatsapp do abusador ele ostenta na foto do perfil uma imagem onde ele está beijando na boca da menina.

O homem foi preso e encaminhado para a delegacia para as medidas cabíveis.

O caso foi registrado em Minas Gerais.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui