Um caso inusitado foi registrado nesta quarta-feira (13) envolvendo um ladrão conhecido da polícia.

Um homem que foi preso em 2015 por ter furtado 300 calcinhas foi preso novamente. Desta vez em sua residência, os policiais encontraram 1045 peças íntimas. O caso foi registrado no município de Turmalina, no interior do estado de Minas Gerais.

Os policiais no momento que chegaram na residência para prender o homem por furto se assustaram. Peças íntimas foram encontradas por todos os cômodos da casa espalhadas. Inclusive foram encontradas calcinhas dentro do colchão em que o homem utilizava para dormir.

No momento da prisão, o detido estava utilizando uma das peças íntimas.

O assunto se espalhou rapidamente na pacata cidade de Turmalina com pouco mais de 20 mil habitantes. Os policiais militares relataram que várias mulheres reclamaram do desaparecimento de calcinhas, porém não registravam boletim de ocorrência por vergonha.

O homem confessou o crime e disse que praticou os furtos em várias casas da cidade.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui