Irmão de Maria Elena falou com a imprensa afirmando ter recebido ameaças de morte. Foto: Franklin de Freitas/Bem Paraná

Se apresentou na manhã desta quarta-feira (3) na 1ª Delegacia Regional em São José dos Pinhais, o principal suspeito pelo desaparecimento da jovem Maria Elena, 22 anos. Ele deve indicar onde está enterrado o corpo da jovem que está desaparecida desde o dia 12 de janeiro.

Lindomar de Jesus, irmão de Maria Elena relata que na tarde de ontem, fizeram uma manifestação na frente da casa da mãe de Leonardo, o principal suspeito do desaparecimento da jovem. Durante a manifestação a situação saiu do controle e alguns familiares de Maria Elena invadiram a casa, tiraram o veículo de Leonardo da casa e empurraram até a rua, onde incendiaram o carro.

Lindomar afirmou ter visto conversas de Whatsapp em que Ricardo, irmão de Leonardo, teria feito ameaças de morte dizendo que ia matar toda a família de Maria Elena. Lindomar ainda ressaltou que Ricardo tem participação no crime, e seria o motorista do carro no momento que Maria Elena saiu da casa.

Leonardo chegou na delegacia e nesta manhã ele deve indicar onde estaria enterrado o corpo. Uma equipe do Grupo de Operações de Socorro Tático (GOST), irá acompanhar o trabalho da Polícia Civil.

Maria Elena teria ido até a casa de Leonardo em São José dos Pinhais para um churrasco. Desde então ela não foi mais vista. Ela estaria iniciando um relacionamento com o rapaz, porém durante o churrasco teria acontecido uma discussão.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui