Cerca de 60 policiais militares de Rondas Ostensivas Tático Móvel (ROTAM) e do Batalhão de Operações Especiais (BOPE) estão no Litoral para promover ações estratégicas nos sete municípios da Costa Leste. O efetivo faz parte da Operação Pronta Resposta, com o objetivo de dar mais agilidade no atendimento ao cidadão e fazer frente à criminalidade violenta. A tropa segue no Litoral até o Réveillon.

O grupo saiu de Curitiba (PR) no fim da tarde de segunda-feira (28/12), e foi apresentado ao Subcomandante-Geral da PM, coronel Hudson Leôncio Teixeira, e ao Coordenador operacional do Verão Consciente e Comandante do 6° Comando Regional da PM, coronel Rui Noé Barroso Torres, na região central de Matinhos. Os policiais militares foram orientados e receberam informações preliminares sobre como será o trabalho no Litoral.

“Temos viaturas do interior do estado apoiando para coibir situação de crime de novo cangaço, de roubo de caixa eletrônicos, e enviamos um reforço para o litoral do estado, onde vai ser aplicado pelo comandante do 9º Batalhão na região. Vamos aplicar 15 viaturas no policiamento que é realizado pelo efetivo regular do Verão Consciente. Isso é um reforço forte com policiais que já estão na região”, disse o Subcomandante-Geral da PM, coronel Hudson Leôncio Teixeira.

Para atuarem com mais eficiência, as equipes policiais foram destacadas para promover ações específicas em pontos onde a PM já recebeu denúncias sobre crimes e havia a necessidade de recobrimento de policiamento, em apoio às equipes de reforço do Verão Consciente. O primeiro foco dos trabalhos é o combate aos crimes contra a pessoa (homicídio, feminicídios e latrocínios), e depois os crimes contra o patrimônio (roubos e furtos).

De acordo com o responsável pelo setor de planejamento do Verão Consciente, capitão  Wagner de Araújo, esse modelo de atuação é inovador e de maior eficiência. “Todas as ações são feitas com base nas verificações prévias do Setor de Planejamento, para que as abordagens e outras atividades ocorram de maneira pontual e certeira”, explicou.

PREPARAÇÃO – O objetivo da Operação Pronta Resposta é confrontar ações criminosas e proporcionar segurança aos cidadãos. Equipes policiais atuarão em rodovias estaduais e centros urbanos, regiões de mata, rios e lagos, principalmente nas fronteiras do Oeste do Estado, rota de ilícitos que acabam chegando para outros estados brasileiros.

Antes do início da Operação, os policiais militares passaram por um nivelamento de conhecimentos, com instruções teóricas e práticas para aprimorar habilidades e procedimentos para atuarem pela Operação Pronta Resposta. Após a capacitação, o efetivo foi separado para atuar em apoio às unidades da PM da Capital e Interior do estado.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui