Os dois rapazes de 23 anos que estavam em uma Duster, fugiram de uma abordagem policial provocando um grave acidente na noite de sexta-feira (17), já foram liberados da Delegacia de Delitos de Trânsito.

O motivo da liberação é que o teste do bafômetro aferiu 0,29 mg/L de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. De acordo com a lei de trânsito, só é considerado crime com prisão, se o resultado do teste do bafômetro for superior a 0,33 mg/L. Sendo assim, o motorista responde apenas administrativamente, com multa e suspensão da Carteira Nacional de Habilitação por um ano. Ele assinou um termo circunstanciado e foi liberado.

O acidente aconteceu na Avenida Água Verde esquina com a rápida, Rua Guilherme Pugsley. O motorista de 23 anos fugia da abordagem da Polícia Militar pela rápida e furou o sinal vermelho na esquina da Avenida Água Verde. Em altíssima velocidade ele atingiu primeiro um motociclista e em seguida colidiu em um carro.

No impacto os dois veículos saíram da pista, colidiram em uma placa de publicidade e foram parar em um muro. Os policiais chegaram rapidamente e cercaram a Duster, onde estava o motorista e um passageiro. Eles não ficaram feridos no acidente.

No outro carro, um casal ficou ferido. Já o motociclista ficou gravemente ferido.

(Foto: Marcos Mancini)

Várias equipes de resgate prestaram socorro aos feridos. O condutor da moto foi encaminhado ao Hospital do Trabalhador onde segue internado.

Já a dupla que estava na Duster foi detida e após o teste de bafômetro foi encaminhada para a Delegacia de Delitos de Trânsito.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui