Foto: Pixabay

Um menino de 07 anos foi morto afogado em lama pelo próprio padrasto, de 33 anos, em Goiás.
Segundo informações, o homem que trabalha catando recicláveis deu pauladas na criança, com a ajuda de outro rapaz de 18 anos. Depois ele ficou segurando a cabeça da criança contra o lamaçal aonde o corpo foi encontrado.
O homem teria matado o enteado por estar insatisfeito com a convivência com o menino. No total, na casa viviam 6 crianças, duas do antigo casamento da mulher e quatro da relação atual, mas o homem não gostava dos dois enteados.
O menino de 7 anos desapareceu quando fazia o trecho entre a casa da família e a casa da avó, que morava na quadra de trás da casa onde ele morava. O corpo dele foi encontrado quase uma semana depois, a 100 m da casa e com sinais de violência.  Os laudos indicaram que o garoto morreu asfixiado, ao inalar lama e água do local. Também indicaram que houve deslocamento do crânio, possivelmente pelas pauladas que o padrasto deu no menino.
O padrasto e o comparsa foram presos.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui