Nesta quarta-feira (24) o Papai Noel que ficou conhecido depois de ser alvo de pedradas ao ficar sem balas em Itatiba, São Paulo, morreu em decorrência da Covid-19.

Segundo informações, o homem de 87 anos era dono de uma funerária da cidade e já lutava contra a doença há algum tempo.

Uma nota postada nas redes sociais relatou sobre a luta dele contra a doença.

“É com profunda tristeza que comunicamos o falecimento do querido pai, avô, amigo e Papai Noel de todos os itatibenses, Luiz Ordine.

Há algum tempo Luizão, como gostava de ser chamado, vinha bravamente lutando com todas as forças contra esse vírus que vem assolando não apenas nossa cidade, nem tampouco nosso país, mas todo o mundo.

Seu Luiz nos deixa um legado que ficará eternizado no coração de toda família itatibense, crianças, jovens e adultos. Não havia uma pessoa sequer que não sorria ao seu lado. Sua missão foi cumprida com muita honestidade e humildade. Aproveitamos para agradecer a todos aqueles que atribuíram seu momento de fé e vibrações positivas por sua recuperação. Deus o chamou para seu reino.

Ficam nossas lembranças, e que todo mês natalino seu nome seja reverenciado. Itatiba está em luto.”

Ataque ao Papai Noel

No dia 10 de dezembro de 2017, o homem tinha levado um susto ao ser atacado a pedradas enquanto desfilava de trenó pelas ruas da cidade de Itatiba. Ele foi atacado quando as crianças descobriram que as balas do Papai Noel tinham acabado.

Um fato que chamou a atenção é que esta não foi a primeira vez que isso aconteceu na cidade.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui