A Polícia Civil do Paraná (PCPR) divulga foto de três suspeitos de estupro de vulnerável, armazenamento de material pornográfico infantil e aliciamento de criança ou adolescentes. Dois deles possuem mandados de prisão preventiva e um deles temporária.

Após serem decretadas as prisões, a PCPR realizou diversas diligências, mas os indivíduos não foram localizados e permanecem foragidos.

A PCPR solicita a colaboração da população com informações que auxiliem na localização dos procurados. A denúncia pode ser feita de forma anônima pelos telefones 197 da PCPR, 181 Disque Denúncia ou pelo (41) 32703370, diretamente à equipe de investigação.

CRIMESAnderson Felipe de Castro, de 30 anos, é suspeito de estupro e armazenamento de pornografia infantil contra a enteada. Conforme apurado, os crimes ocorriam desde de 2016 e foram registrados em 2018. Na época dos fatos, a vítima tinha 13 anos. Ele também é investigado por ter abusado sexualmente de duas sobrinhas de 11 e 12 anos.

Aracrides Luis das Neves, de 60, é suspeito de estupro de vulnerável e aliciamento de crianças contra os enteados, sendo um menino e uma menina. Os casos teriam ocorrido no ano de 2017 e denunciados à PCPR em 2018.

O outro foragido é Joedson Vargas, de 40. Ele é suspeito de estupro de vulnerável contra um menino de apenas 7 anos, que é neto da convivente do suspeito. Um laudo pericial apontou o crime sofrido pela criança.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui