O prefeito de Curitiba Rafael Greca segue internado no Hospital Nossa Senhora das Graças em Curitiba, após sofrer uma indisposição no período da manhã desta terça-feira (20).

Ao ser levado pelo hospital, os médicos diagnosticaram um acidente vascular cerebral isquêmico. O prefeito está lúcido, colaborativo, clinicamente estável, sem déficits focais neurológicos.

De acordo com o boletim médico divulgado no fim da manhã desta quarta-feira (21), não houve piora do quadro clínico e Greca permanece em observação em Unidade de Terapia Intensiva.

Por volta das 8h da manhã, o prefeito Rafael Greca publicou mensagem em suas redes sociais afirmando que acordou sem sentir um quadro aparente de sequelas, que permanece sereno e aparentemente melhor.

O AVC isquêmico é o tipo mais comum de AVC e acontece quando um dos vasos do cérebro fica obstruído, impedindo a passagem do sangue. Quando isso acontece, a região afetada não recebe oxigênio e, por isso, não consegue funcionar normalmente, causando o aparecimento de sintomas como dificuldade para falar, boca torta, perda de força em um dos lados do corpo e alterações da visão, por exemplo.

Normalmente, este tipo de AVC é mais comum em idosos ou pessoas que têm algum tipo de alteração cardiovascular, como pressão alta, colesterol elevado ou diabetes, mas pode acontecer em qualquer pessoa e idade.

Uma vez que as células cerebrais começam a morrer em poucos minutos depois que a circulação sanguínea é interrompida, o AVC é sempre considerado uma emergência médica, que deve ser tratado o mais rápido possível no hospital, de forma a evitar sequelas graves, como paralisia, alterações cerebrais e, até, morte.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui