Nos próximos dias, as primeiras câmeras de corpo (body cams) a serem utilizadas por guardas municipais serão entregues. Para uma fase inicial de testes, serão seis equipamentos, além de duas câmeras que serão acopladas nas viaturas, com necessidade de identificação facial para colocação e retirada do equipamento.

Os dispositivos foram recebidos pelo prefeito Rafael Greca nesta terça-feira (26/10), com acompanhamento do vice-prefeito Eduardo Pimentel e do secretário municipal de Administração e de Gestão de Pessoal, Alexandre Jarschel, além de Alexandre Amorim, do Instituto das Cidades Inteligentes (ICI), onde fica abrigado o projeto de segurança por monitoramento Muralha Digital.

Ao todo serão distribuídos, nos próximos meses, 675 dispositivos para serem utilizados nas ações de segurança desenvolvidas pela corporação. São 515 body cams e 160 câmeras veiculares (80 internas e 80 externas).

“São câmeras para serem colocadas nos coletes dos guardas municipais em busca de respeito absoluto aos direitos humanos nas ações de defesa social. Logo a GM será treinada e todas as ações de Defesa Social serão testemunhadas”, afirmou o prefeito.

“Curitiba, a mais inteligente das cidades do Brasil, quer ser também a mais justa e a mais voltada para o respeito à população”, acrescentou Greca.

Muralha Digital

As câmeras são um novo passo no avanço do projeto Muralha Digital, que conta com um sistema de videomonitoramento e com um Centro de Comando e Controle (CCO). Já foram instaladas mais de 400 câmeras em locais estratégicos, como no Cemitério Municipal São Francisco de Paula, em praças da região central, na Rodoviária e no Centro Cívico, além de estabelecimentos municipais de ensino, que também contam com 185 botões do pânico.

Em andamento, está a integração das imagens de equipamentos de fiscalização eletrônica que, até ao fim da instalação, somarão 804 faixas de trânsito monitoradas.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui