Foto: PRF

Por volta das 11h30 desta quarta-feira (31), uma equipe da PRF da Unidade Operacional de Ubatuba recebeu um pedido de socorro, a fim de salvar a vida de uma idosa que havia acabado de ser picada por uma cobra jararaca.

Os policiais que estavam de plantão observaram quando o condutor de uma pick-up Renault Oroch, placas de Campinas-SP, parou desesperado na frente da base, dizendo que sua amiga, uma idosa de 64 anos, havia sido picada por uma cobra e estava passando mal.

Os policiais verificaram que a idosa estava com dois ferimentos característicos de picada de cobra no pé, apresentando relativo inchaço, cujo risco de vida era iminente em virtude da idade da vítima.

Cientes do risco que a idosa corria, os policais de pronto a conduziram para o Hospital Santa Casa de Misericórdia de Ubatuba, a fim de que ela recebesse o tratamento adequado o mais rápido possível.

No hospital, a vítima foi recebida em situação de emergência pela equipe técnica, que lhe aplicou o soro antiofídico. Ela ficou em tratamento durante todo o dia no hospital.

Os técnicos do hospital identificaram o tratamento mais eficiente graças a uma fotografia que os amigos tiraram do animal. A cobra foi identificada como sendo uma jararaca, cuja ação do veneno causa inflamação, hemorragia e, em alguns casos, pode levar à necrose e à amputação da parte atingida.

Os ocupantes do veículo são moradores de Campinas/SP e estavam a passeio em Ubatuba, visitando um sítio da família na localidade de Ubatumirim.

Mais tarde, aproximadamente às 14h30, uma amiga da idosa retornou à Unidade da PRF, para agradecer o empenho da equipe e dizer que a agilidade do atendimento foi essencial para a preservação da vida dela.

Segundo informações recebidas, a vítima passa bem.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui