Curitiba, 30 de agosto de 2019. Despedida Sgt Daniel Rone.

Uma rua no bairro Xaxim em Curitiba, na Capital do estado, ficou repleta de policiais militares da Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE), mas não era nenhum tipo de ocorrência policial e sim uma homenagem ao sargento Daniel Domingues de Castro, que nesta sexta-feira (30) entrou para a Reserva Remunerada. Há 20 anos na unidade, o sargento completou 35 anos de serviço e recebeu o carinho dos colegas de farda na sua casa.

Policial de RONE se aposenta e recebe homenagem

Hoje foi o último dia de serviço do 1° Sargento Daniel das Rondas Ostensivas de Natureza Especial (RONE) da Polícia Militar do Paraná. Os companheiros de farda resolveram realizar uma homenagem emocionante e inesquecível.Obrigado Sargento Daniel pelos serviços prestados!

Posted by Plantão 190 on Friday, 30 August 2019

 

Para o Comandante da RONE, capitão Paulo Alexandre Rodrigues, que conhece o sargento há mais de 10 anos, é difícil escolher as palavras para falar desse momento. “É difícil conter a emoção, pois a dedicação dele em uma atividade estressante, desgastante e que muitas vezes não é reconhecida. Então hoje estamos entregando-o para a sua família, agora ele realmente poderá estar ao lado dos filhos e da esposa e estamos aqui demonstrando que a família PMPR estará sempre aqui”, disse.

“A gente nem acredita que conquistou isso durante a vida eu quero que todas essas pessoas sejam abençoadas por Deus, que o caminho delas seja iluminado. Não tenho muito que falar, estou muito emocionado. Muito obrigado. Valeu a pena cada dia que eu trabalhei na polícia, ainda vou continuar sendo policial e no que eu puder colaborar estarei à disposição”, disse o sargento Daniel.

Emocionado após ser escoltado por um comboio da RONE, e de ter recebido uma mensagem de carinho de todos aqueles que não puderam estar presentes, por estarem de serviço, ele chegou em casa e se deparou com a rua tomada por policiais do Batalhão de Operações Especiais (BOPE). “Tudo o que nós almejamos é cumprir uma carreira com tranquilidade e é gratificante chegar até aqui com tantos amigos”, complementou.

A esposa, Maria Alice de Castro, se emociona ao falar da ida do marido para a Reserva Remunerada. “É muito gratificante, ele entrou com 22 anos e sai com 54 anos e vivo. Hoje em dia como é tão difícil ser policial militar rezo todos os dias para que ele chegue bem em nossa casa”, contou.

Para a filha, Daniela Gomes de Castro, após tantos anos dedicados à sociedade paranaense com muita excelência chegou o momento dela ter o pai só para ela. “Agora é o momento de passar mais tempo juntos, porque a escala da polícia é bem puxada, então agora ele estará mais presente e vai ser muito bom”, disse.

Depois de 20 anos na RONE, o sargento Daniel colecionou amigos e um deles foi o soldado Patric Lemes que desde os primeiros dias na subunidade do BOPE contou com as instruções do sargento. “Ele me ensinou muitas coisas referentes ao caráter do policial militar, de como deve se portar perante a sociedade, perante os nossos pares de farda. Então hoje eu me sinto muito agradecido e tenho um carinho muito grande por ele, posso tratar como se fosse um pai, pois ele me ensinou muita coisa boa”, contou. “Quando ele chegou foi difícil segurar a emoção, rolou até uma lágrima, mas é de alegria por o ver ir para a reserva com saúde”, completou.

HOMENAGENS – Os policiais presentes na homenagem se perfilaram e fizeram a oração da Rone para que Deus continue guardando do sargento e sua família. O sargento Daniel foi abraçado, parabenizado e também recebeu diversos presentes dos colegas de farda.

1 comentário

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui